2020-10-19

6 pratos típicos imperdíveis para experimentar em Maceió!

Sobram motivos para incluir Maceió no roteiro de férias da sua família. Mas além das belas praias e belezas naturais, a capital do sol também impressiona pela vasta gastronomia de sabor marcante e inigualável. Misturando o frescor dos frutos do mar, ervas e ingredientes regionais do sertão, influências africanas e indígenas, a culinária de Maceió é conhecida por sua personalidade e versatilidade.

Vai para Maceió e quer experimentar essas delícias? Fica relax que preparamos uma lista incrível com 6 pratos típicos que você não pode deixar de provar.

Café da manhã regional

Para começar, é quase impossível ir para Maceió e não entrar no clima da região logo nas primeiras horas do seu dia com o vasto e delicioso café da manhã cheio de iguarias e regionalidade. Se você vai fazer aquele passeio ou se aventurar nas praias do litoral, é melhor tomar aquele café da manhã reforçado para garantir energia durante todo o dia. Com opções de cuscuz (espécie de farinha de milho cozida), tapioca doce e salgada, bolo de rolo, omeletes, escondidinho de carne, batata doce, macaxeira, manteiga de garrada, pães, queijos e sucos com frutas tropicais, tudo isso acompanhando daquele cafezinho coado na hora. O grande destaque vai para o bolo de milho quentinho, esse vai bem tanto no café da manhã quanto no lanche da tarde.

Café da manhã regional do Restaurante Bodega do Sertão

Chiclete de camarão

Os frutos do mar fazem sucesso pelos bares e restaurantes especializados de Maceió, e para quem quer fugir do óbvio, uma ótima opção é provar o famoso e cobiçado “Chiclete de camarão”. Antes que você pense que a capital alagoana lançou um novo sabor de goma de mascar sabor camarão, vamos te explicar: esse prato é uma mistura de camarão e queijo derretido (muuuito queijo). Ele leva esse nome pela sua consistência de puxa-puxa que lembra um chiclete. Além de queijo, esse prato leva leite de coco, pimenta e azeite de dendê, e claro, camarão. Dica de acompanhamento: arroz branco ou com brócolis.

Chiclete de camarão do Restaurante Bodega do Sertão
Foto: Restaurante Bodega do Sertão

Moqueca de frutos do mar

Se você é do time #LoucosPorFrutosdoMar, essa é para você! A moqueca de frutos do mar é feita de várias maneiras Brasil a fora, mas a capital alagoana tem seu jeitinho especial de preparar essa delícia que é muito similar a uma peixada e leva, além de peixe, um mix de camarão, polvo, lula, farinha de mandioca, leite de coco, pimenta de cheiro e legumes diversos. O toque final fica por conta do coentro, mais conhecido como cheiro verde em outras regiões do país. Esse prato é encontrado facilmente nos bares e restaurantes das conhecidas orlas de Ponta verde e Pajuçara e virou o queridinho dos turistas e visitantes. A dica aqui é experimentar a moqueca com arroz branco e pirão feito com o próprio caldo.

Moqueca de frutos do mar do Restaurante Bodega do Sertão

Caldinho de Sururu

Quem já passou o dia na praia sabe que é comum bater aquela fome entre um mergulho e outro, e uma ótima sugestão é se deliciar com os petiscos servidos na região. Um dos mais requisitados é o Caldinho de sururu. Sururu é um molusco que tem o corpo protegido por duas conchas e se parece muito com o tão conhecido mexilhão. O caldinho de sururu servido em Maceió é bem diferente dos encontrados em outros estados, tanto por sua consistência como também por conter menos caldo. Em seu preparo vai bastante cebola, alho e pimentão, além do leite de coco que não pode faltar. Para sua experiência com a iguaria ser mais completa, a sugestão é degustá-la na companhia de um chopp ou caipirinha com bastante gelo.

Caldinho de Sururu
Foto: Wesley Menegari

Carne de sol

E para quem mesmo na praia não abre mão de um bom corte de carne, uma ótima saída é experimentar a suculenta carne de sol alagoana. A carne de sol leva esse nome porque passa por um processo de conservação feito em duas etapas: os bifes são ligeiramente salgados e postos ao sol para secar, o resultado é uma carne com sabor acentuado e textura macia. Ótima para ser degustada com queijo coalho, feijão tropeiro, arroz e vinagrete, esse prato tipicamente nordestino já conquistou todo o Brasil, mas prová-lo em Maceió é elevar ainda mais a experiência a outro nível.

Carne de Sol do Restaurante Picuí

Tapioca doce

Para fechar a lista com chave de ouro, ou melhor, com chave de doce, a pedida é provar a saborosa e nutritiva sobremesa tapioca doce de Maceió. Perfeita para ser acompanhada de um cafezinho pós refeição, a tapioca doce de Maceió tem inúmeras possibilidades: com queijo e goiabada, doce de leite, brigadeiro, geleia, creme de paçoca, frutas flambadas e até sorvete. Difícil mesmo vai ser comer uma só. Aí não tem como resistir, né? É só se esbaldar com esse quitute admirando o mar e curtindo a brisa dessa cidade linda.

Tapioca doce do Restaurante Bodega do Sertão
Foto: Restaurante Bodega do Sertão

E aí, gostaram das dicas? E o mais legal de tudo isso é saber que todas essas especialidades e muitas outras podem ser apreciadas pelos membros do Wyndham Club Brasil, com todo o conforto e a comodidade do Pratagy Beach All Inclusive Resort Wyndham, nosso resort exclusivo no destino.

Descubra como aproveitar esse e outros destinos inesquecíveis associando-se ao Wyndham Club Brasil, o maior clube de férias do mundoClique aqui e confira! 

Compartilhe esse artigo
Artigos relacionados